na fábrica
mataram-se
greve irreversível

Em memória aos  funcionários da Orange S. A. (antiga France Télécom) que cometeram suicídio entre 2006 e 2011.

Affaire France Télécom — Wikipédia