Você se inscreveu com sucesso em Fabiano Sei
Ótimo! Em seguida, finalize a compra para ter acesso completo a Fabiano Sei
Bem vindo de volta! Você fez login com sucesso.
Sucesso! Sua conta está totalmente ativada, agora você tem acesso a todo o conteúdo.
pequeninos

talvez à maneira de Hildegard von Bingen

. 1 minuto ler . Written by Fabiano Sei
talvez à maneira de Hildegard von Bingen
Nos sumus in mundo
et tu in mente nostra,
et amplectimur te in corde
quase habeamus te presentem,
Hildegard von Bingen, O dulcissime amator

ó doce, doce, dulcíssimo Educador
  preciosas que às pedras
     cores imprimes
  perfumosos que dos lírios
     candores esparges
  ó Primeiro que aurora adornas
     de rosas tímidas
levíssimo ó Leão, límpida ó Luz
suavíssimo ó Sabor de melífluas águas e lácteos manjares
sapientíssimo ó Torpor que me inteira tanges
  que me o corpo proteges
  em virgindades envolto
     cujos são os teores
  do mundo ignotos

ó doce, doce, dulcíssimo Abraço
que mente, que alma envolve
longe deixando dos corpos o corpo
longe de mim me levando
entre somente os sentidos existes
e de mim somente existe
  o que te sente
  e não sou senão
     sentir-te