(1)
para o luto

um ponto
quando as pálpebras cerras
pequenino alvorece

doravante
quando os cílios inundes
é de luz que os alagas


(2)
ao regressar de um enterro

entre peitos perdida
solidão emprestada
irmanando os mistérios
  do amor