soneto ao meio

soneto ao meio

. 1 minuto ler

exausta, chorando
sem al que a conforte
mil mortes a Morte
colige ceifando

de mortes formando
sem nau que o comporte
que Além o transporte
cortejo nefando

“jamais tal façanha
matança tamanha
pensei conseguisse”

diz Morte esgotada
curvando pasmada
da humana tolice