pequeninos

poemas breves

46
pequeninos
ode a setembro

ode a setembro

ó Sentido deus primeiro: se me o sentido tiraste tira-me a vida se me a vida tiraste por que não me tiras a vida? ó Sentido cura-me os nexos em fúlvido amplexo...

Magritte

Magritte

Isto aqui ninguém quer, nem isto quer ninguém. Isto aqui ninguém leu, nem isto leu...

solidão

solidão

meus demônios habitam o inferno dos outros descansam à sombra de alheias muralhas o que...

Você realizou com sucesso a assinatura nesta plataforma.
Bem vindo de volta! Você entrou no site com sucesso.
Ótimo! Você realizou o seu cadastro com sucesso.
O seu link expirou
Sucesso! Verifique o seu email para acessar o link para entrar no site.
Escreva pelo menos 3 caracteres 0 Resultados da sua busca