portfólio

John Milton: “L’Allegro” & “Il Penseroso”

. 1 minuto de leitura . Written by Fabiano Seixas Fernandes
John Milton: “L’Allegro” & “Il Penseroso”

Tradução de dois poemas de John Milton, publicada na revista (n.t.) em março de 2013. Que seja de meu conhecimento, trata-se da primeira tradução feita no Brasil (tradução portuguesa de Manuel Frias Martins foi lançada pela Inquérito, de Lisboa, em 1986).

Resumo: Dois dos mais conhecidos poemas líricos de Milton, “L’Allegro” e “Il Penseroso” parecem haver sido compostos para leitura conjunta. Ambos descrevem os prazeres tanto da Alegria (Eufrosina ou, em inglês, Mirth) quanto da Melancolia (aqui encarada não como estado emocional de abatimento ou tristeza, mas estado psicológico de reflexão contemplativa). Paralelos em inúmeros aspectos, solicitam de suas cabíveis musas os prazeres que cada uma pode oferecer, arrolando-os de forma mais ou menos ordenada, com ampla variedade de referências e imagens (diurnas e noturnas, coletivas e solitárias, urbanas e campestres, laborais e espirituais, visíveis ou auditivas) e sintaxe aparentemente frouxa, sem o peso que por vezes adquire nos versos livres da grande poesia narrativa do autor.

A edição integral da revista pode ser consultada aqui. As traduções podem ser consultadas aqui e aqui.