portfólio

Repensando estruturas narrativas: relato de uma experiência pedagógica

. 1 min read . Written by Fabiano Seixas Fernandes
Repensando estruturas narrativas: relato de uma experiência pedagógica

Artigo publicado na revista DLCV (8.2, 2011). O resumo e o abstract podem ser consultados abaixo; o artigo completo pode ser consultado aqui, aqui e aqui.

Resumo: O presente artigo reporta os resultados de um experimento conduzido durante uma disciplina de Literatura em Língua Inglesa versando sobre ficção narrativa. As obras lidas foram analisadas partindo da divisão elementar exposição-complicação-clímax-desenlace—por sua vez, baseada na dicotomia desejo x obstáculo—, de modo que essa divisão (comumente ensinada porém pouco empregada como ferramenta de análise literária) fosse testada e, se necessário, reformulada ou descartada. Ao longo do semestre, foram analisadas dez narrativas em prosa e verso, pertencentes a períodos e gêneros diferentes; todas apresentaram divisão no mínimo tripartite (o clímax não se manifestou unanimemente), mas raramente na forma pura supracitada: ficou evidente que, quando em uso, expressa propriedades que a tornam funcional como princípio constitutivo da ficção narrativa, e portanto como ferramenta de análise de narrativas. O artigo relata e exemplifica essas propriedades.

Palavras-chave: ficção narrativa; exposição; complicação; clímax; desenlace.

Abstract: The present article reports the results of an experiment conducted during a course on English Literature focused on narrative fiction. The works read were analyzed using the elemental division exposition-complication-climax-dénouement—which is, in its turn, structured around the dichotomy desire x opposition—, so that this commonly taught but little employed scheme could be tested and recast, if necessary. Ten verse and prose narratives were analyzed, all belonging to different periods and genres; all displayed at least a threefold division (the climax wasn’t unanimously present) but rarely in its pure form: it became evident that, when put to use, it displays properties which make it truly functional as a constitutive principle of narratives, and therefore as a tool for narrative analysis. The article reports and exemplifies these properties.

Keywords: narrative fiction; exposition; complication; climax; dénouement.