Você se inscreveu com sucesso em Fabiano Sei
Ótimo! Em seguida, finalize a compra para ter acesso completo a Fabiano Sei
Bem vindo de volta! Você fez login com sucesso.
Sucesso! Sua conta está totalmente ativada, agora você tem acesso a todo o conteúdo.
poliedro

Peppa Pig ensina inglês: um estudo recente

. 2 minuto ler . Written by Fabiano Sei
Peppa Pig ensina inglês: um estudo recente

Quando se trata de ensino e aprendizagem de línguas estrangeiras, a quantidade de textos autênticos disponíveis online é virtualmente infinita: textos orais e escritos são massivamente produzidos, e qualquer um deles poderia servir de base para atividades de sintaxe, vocabulário ou produção e compreensão orais e escritos.

Existem, contudo, restrições ao uso desses materiais; além de restrições legais (tais como direitos autorais), existem aquelas mais propriamente pedagógicas: os objetivos da atividade a ser desenvolvida, o grau de dificuldade apresentado pelo vocabulário e pelas estruturas presentes, a extensão dos textos, etc.

Paweł Scheffler, Christian Jones e Anna Domińska, pesquisadores das universidades Adam Mickiewicz (Poznań, Polônia) e de Liverpool (Inglaterra) publicaram no International Journal of Applied Linguistics (2020) um artigo intitulado The Peppa Pig television series as input in pre- primary EFL instruction: A corpus-based study [A série televisiva Peppa Pig como insumo para o ensino pré-primário de EFL: um estudo baseado em corpus]; o resumo do artigo pode ser lido abaixo:

O ensino de inglês como língua estrangeira (EFL) vem sendo constantemente ampliado para abarcar aprendizes cada vez mais jovens. Uma vez que, entre os desafios para o ensino de EFL anteriormente ao nível primário, está a busca pelo nível satisfatório de insumos adequados, o presente artigo investiga uma fonte em potencial de insumos, a saber, a série televisiva animada Peppa Pig. Analisa até que ponto os dados contêm características lingüísticas também disponíveis em outro corpus do inglês falado. A partir da análise, apresentam-se recomendações para integrar a série no ensino de inglês anterior ao primário.

O estudo foi conduzido a partir de um corpus de 88 episódios transcritos (40% de todos os episódios até então produzidos), contabilizando 40.227 palavras. Durante a primeira etapa da análise, de natureza quantitativa, o Compleat Lexical Tutor (LexTutor) foi utilizado para se calcular o percentual de palavras utilizadas que estariam entre as 2.000 palavras mais freqüentes da língua inglesa, de acordo com o British National Corpus (BNC). A seguir, a mesma ferramenta foi empregada para se comparar o corpus extraído da série com o corpus falado do BNC. A freqüência de vocabulário e expressões de uso comum indicaria se os textos da série podem servir de base para o ensino de EFL no nível visado pelos autores.

Como o resumo deixa entrever, o seriado é considerado adequado para os objetivos pedagógicos em vista. Os autores concluem seu artigo da seguinte maneira:

O ensino em inglês anterior ao nível primário é um fenômeno que afeta centenas de milhares de crianças e pais ao redor do globo. Para as crianças, este ensino deve garantir que possam utilizar sua capacidade de aprendizagem implícita. Deve também ser prazeroso e motivador, uma vez que a experiência de aprendizado de LEs na pré-escola pode informar o modo como se engajam neste aprendizado em anos futuros. Para os pais, que amiúde despendem tempo e dinheiro no ensino de LE para seus filhos, o ensino deve prover uma compreensão de que seus recursos foram bem gastos. Assim sendo, provavelmente continuarão incentivando seus filhos a desenvolverem suas habilidades em LEs.